Showing posts tagged ecomlab

Eis o dilema do ano: Fechar o Cine Edgard?

Como já mostrou o nosso e.com-colaborador, Gabriel, o cinema de Cataguases está para ser fechado e transformado, um absurdo. Esse fato está gerando uma revolta muito grande de todos os que o utilizam e aos que o edificam, pois como já sabemos o Cine Edgard é um monumento da história do cinema brasileiro e não pode simplesmente ser “destruído” assim. 

É indescutível que é infinitamente necessário umas certas reformas, uma melhora no sistema de som, uma pintura, até uma almofadinha na cadeira faria o povo ficar feliz. Temos uma estrutura maravilhosa que infelizmente está mal cuidada e consequentemente mal utilizada, valorizada… 

Nas fotos, mostram um dia de sábado, não era nenhuma estréia mas era Eclipse (vulgo: 3º filme da saga Crepúsculo) e vocês não tem noção da quantidade de gente que tinha em frente daquele cinema. Tomei um susto enorme! A fila estava dobrando a esquina, não é exagero. Vi um ônibus na frente e cheguei perto para perguntar se era mesmo o que eu estava imaginando: excursão de alguma cidade vizinha de Cataguases, para ir ao cinema. E realmente era! Um ônibus de 50 lugares, lotado. Não consegui descobrir de onde o ônibus vinha, na placa dizia Visconde do Rio Branco, será? 

O que isso quer dizer? Não só Cataguases, mas a região precisa do cinema, vamos lutar por uma reforma, não deixemos o grande Cine Edgard fechar!

"Sem o Cine Edgar não haverá memória, cheiro de saudade de Humberto Mauro, toda uma história cinematográfica tão importante pra nosso país." Portal Cataguases

e-com.colaboradora

Fotos e Texto: Tainah Cúrcio

Arte Cosmopolitana

Visitem a exposição “Geografias Imaginárias” no Museu da Eletricidade (Avenida Astolfo Dutra) em Cataguases!

As obras tem um tom urbano contemporâneo muito instigante que nos faz, realmente, expandir nossos pensamentos e admirações.

Foi inaugurada no dia 10 (terça-feira) e aconteceram palestras no Cine Theatro Edgard e no Centro Cultural Humberto Mauro, abordando a importância e necessidade da imagem no contexto da vida nas cidades.

Mais imagens no nosso Flickr.

e-com.colaboradora

Foto, texto e edição: Carô (comunidade Terra)

Cine Galera em Cataguases!

Imagino a excitação e curiosidade do povo cataguasense ao ver tantos crachás e camisas coloridas circulando pela cidade. Ultimamente surgiu mais uma camisa turquesa, a do Cine Galera. Também fiquei me perguntando o que seria, até que eu fui ver de perto.

Oficina Lumiére

O Cine Galera é um anexo do Festival Ver e Fazer Filmes (assim como nós: ecomlab), com a intenção de envolver mais jovens no projeto. Esses mesmos jovens julgam filmes exibidos para a mostra final e também tem a chance de produzir seus próprios curtas, tendo participado das Oficinas Lumiére, que acontecem no Centro Cultural Humberto Mauro. A Galera vai continuar trabalhando e nós vamos continuar acompanhando. Yuri, Camila e Karol são do Cine Galera

e-com.colaboradora

Texto, fotos e edição: Carô (comunidade Terra)

(Reblogged from ecomlab)

O Ver e Fazer Filmes não é só trabalho, ainda mais quando junta baianos e mineiros. Mas é assim que tem que ser, para ter um rendimento melhor, obviamente os nossos amigos precisam de um tempo para relaxar.

Apresentamos nas fotos o grupo da UFBA, que como os outros, são muito centrados e que trabalham arduamente para prosseguir com o festival. Torcemos para que todas as equipes façam um ótimo filme, e que o serviço seja concluído com excelência e muuuita tranquilidade. 

e-com.colaboradores:

Fotos e Texto: Wander / Texto e Edição: Tainah Cúrcio (Comunidade Ar)

Cataguases ganha um charme a mais do dia 3 ao dia 14 de Agosto deste ano. Nossa pequena cidade une a receptividade interiorana de nossa terra com o jeitinho caloroso dos mineiros. Dessa mistura só poderia acarretar numa grande festa, ou melhor num grande Festival.

Fazer um filme parecia algo inusitado para nossa população cataguasense, mas como é bom passear pelos sets de filmagens e pelos corredores do Festival e ver uns ” pães de queijo” atuando ou auxiliando nesse magnífico projeto.

Sem dúvida essa segunda edição do Festival Ver e Fazer Filmes veio para somar ainda mais em nossa vasta cultura. Tudo isso é uma boa maneira de descobrir novos talentos, homenagear os já existentes e valorizar ainda mais o cinema nacional e a nossa Cataguases (palavra que vem do Tupi-Guaraní que significa: “Terra de gente boa”).

e-com.colaborador

Foto, texto e edição: Gabriel Nunes (Comunidade Fogo)

O Ver e Fazer Filmes começou pegando FOGO!

Aqui na base está uma confusão que só muita ÁGUA com açúcar pra acalmar essa gente. Pessoas por todo lado, camisas coloridas chamando a atenção e atenuando a diferença cultural, fazendo com que as pessoas respirem sem parar para não faltar o AR. Mas o interessante é isso, pois tem muita TERRA a percorrer.

O e-comlab.cataguases vai estar aqui no Festival, passando as informações mais quentes com nossas equipes(Fogo, Água, Ar, Terra). Estamos lançando então a entrevista com o ator Tarcísio Vória, que perticipara em um dos filmes.