Showing posts tagged fabricadofuturo

Fábrica do Futuro promove seminário

CLIQUE AQUI E FAÇA A SUA INSCRIÇÃO

Um seminário aberto para todos que queiram participar e se interarem com a Agenda de 2011 do Polo AudioVisual de Cataguases e região.

Arte gráfica: Gustavo Baldez
Texto e Edição: Gabriel Nunes 

No próximo dia 6 (segunda-feira) às 19h, o projeto Tela Viva da Fábrica do Futuro estará exibindo gratuitamente para toda a população os filmes gravados durante a segunda edição do Festival Ver e Fazer Filmes.
Esta é sem dúvida uma oportunidade de ver bons filmes e se distrair com uma cultura de valor. Não deixem de ir e levar os amigos e os familiares!

e.com-colaboradorTexto: Gabriel NunesFoto: Fábrica do Futuro

No próximo dia 6 (segunda-feira) às 19h, o projeto Tela Viva da Fábrica do Futuro estará exibindo gratuitamente para toda a população os filmes gravados durante a segunda edição do Festival Ver e Fazer Filmes.

Esta é sem dúvida uma oportunidade de ver bons filmes e se distrair com uma cultura de valor. Não deixem de ir e levar os amigos e os familiares!

e.com-colaborador
Texto: Gabriel Nunes
Foto: Fábrica do Futuro

Eis o dilema do ano: Fechar o Cine Edgard?

Como já mostrou o nosso e.com-colaborador, Gabriel, o cinema de Cataguases está para ser fechado e transformado, um absurdo. Esse fato está gerando uma revolta muito grande de todos os que o utilizam e aos que o edificam, pois como já sabemos o Cine Edgard é um monumento da história do cinema brasileiro e não pode simplesmente ser “destruído” assim. 

É indescutível que é infinitamente necessário umas certas reformas, uma melhora no sistema de som, uma pintura, até uma almofadinha na cadeira faria o povo ficar feliz. Temos uma estrutura maravilhosa que infelizmente está mal cuidada e consequentemente mal utilizada, valorizada… 

Nas fotos, mostram um dia de sábado, não era nenhuma estréia mas era Eclipse (vulgo: 3º filme da saga Crepúsculo) e vocês não tem noção da quantidade de gente que tinha em frente daquele cinema. Tomei um susto enorme! A fila estava dobrando a esquina, não é exagero. Vi um ônibus na frente e cheguei perto para perguntar se era mesmo o que eu estava imaginando: excursão de alguma cidade vizinha de Cataguases, para ir ao cinema. E realmente era! Um ônibus de 50 lugares, lotado. Não consegui descobrir de onde o ônibus vinha, na placa dizia Visconde do Rio Branco, será? 

O que isso quer dizer? Não só Cataguases, mas a região precisa do cinema, vamos lutar por uma reforma, não deixemos o grande Cine Edgard fechar!

"Sem o Cine Edgar não haverá memória, cheiro de saudade de Humberto Mauro, toda uma história cinematográfica tão importante pra nosso país." Portal Cataguases

e-com.colaboradora

Fotos e Texto: Tainah Cúrcio

Vamos lutar pela preservação do Cine-Teatro Edgar!!!


O ministro Juca Ferreira, da Cultura, promete empenho para evitar o fechamento do Cine Edgar, único de Cataguases, MG.

Como saiu aqui, a sala, onde o pai do cinema brasileiro, Humberto Mauro, exibiu “Na primavera da vida”, em 1926, está para virar… supermercado. Coluna do Ancelmo Góis - O Globo

Um povo só é conhecido através de suas origens, de suas histórias, de suas tradições; enfim de sua Cultura. É inadimissível que baixemos nossas cabeças e simplesmente deixemos de lado o que está acontecendo dentro de nossa cidade.

O Cine Edgard foi uma das primeiras salas de cinema do Brasil. Atualmente sua tela de projeção é a maior, se falando de dimensões, da América Latina.

Durante a edição do Segundo Festival Ver e Fazer Filmes todos os atores, cineastas e profissionais que estavam trabalhando no evento se sensibilizaram com a idealização do Cesar piva - gestor da Fábrica do Futuro - e decidiram gravar um curta com plano-sequência como manifesto ao término do lendário cinema de Cataguases, o Cine-teatro Edgard.

"Estamos aqui juntos nesse cinema que o emblema é um mito, é um momento, é um templo do cinema brasileiro, onde Humberto Mauro iniciou-se." Maurice Capovilla

"É preciso preservar esse cinema! É preciso, preservar essa sala, porque ela é o destino do futuro do cinema brasileiro." Maurice Capovilla

"Querem fazer do cinema, das salas de cinemas, mercadinho. Querem fazer dos filmes brasileiros, filmes de mercado[…] Querem transformar cachoeiras de Humberto Mauro em piscinas cheias de ladrilhos" Carlos Larceda (Bigode)

Não podemos deixar nossa cultura ser vendida pelo capitalismo. Vamos erguer nossas cabeças e trabalhar juntos para que esse absurdo não vá adiante. Vamos trabalhar para que nossa história não seja apagada. Vamos trabalhar porque o Cine Edgard é de toda a população.


"O Filme “Regard Edgar– uma fita manifesta”, é uma campanha em defesa do
Cine Teatro Edgard de Cataguases, tombado pelo IPHAN em 1994 e hoje em
péssimas condições. Uma atitude pública pela recuperação de um
patrimônio cultural brasileiro em uma cidade considerada berço do
cinema nacional, sobretudo, por meio da obra de Humberto Mauro…. Essa
campanha começa na Internet e esperamos ganhar, em breve, difusão em
canais de TV e Festivais. Contamos com o seu apoio - Divulgue!” Gustavo Baldez

Esse trabalho não é só do e-com.lab e sim de toda a população que se indigna com o que está ocorrendo em nossa cidade!

Muito Obrigado pela atenção de todos vocês!

e-com.colaborador
Texto e Edição: Gabriel Nunes e Fábrica do Futuro
Vídeo: Fábrica do Futuro

Primeira visita à Fábrica do Futuro

A Sessão Ver do Festival Ver e Fazer Filmes,teve inicio nesta terça-feira, dia 3 de agosto, com a sessão comentada ‘Os filmes que não fiz’, de Gilberto Scarpa. 

O filme foi exibido na Fábrica do Futuro, onde cidadãos da cidade de Cataguases puderam acompanhar gratuitamente a sessão no jardim da Fábrica.

Os filmes vão ser exibidos em diferentes pontos da cidade, com produções nacionais e internacionais de língua portuguesa. Os interessados poderão acompanhar a programação pelo site Ver e Fazer Filmes.

Foi realizado ao término da exibição de filmes um coquetel para os presentes.

e-com.colaboradores

Texto: Roni Teodoro (comunidade Ar)  e Carô (comunidade Terra)
Edição: Gabriel Nunes (comunidade Fogo)